sexta-feira, 24 de julho de 2009

Calabresa Neles!

Oh! Tarefa árdua de estrear depois de todos esses escritores cheios de futuro. Rsrsr Sarcasmos à parte, a idéia de se apresentar no primeiro post me fez pensar o quanto é difícil a missão de auto-análise.
É tão fácil criticar, instruir, orientar, dizer o que é certo ou errado (eu e Matheus sabemos!), mas é tão complicado falar de si mesmo, dos planos, sonhos. Sabe aquela pergunta típica de entrevista de emprego – Qual palavra te define? – Nossa! Isso é um carma na minha vida. Por mais que eles esperem uma resposta automática e programada, a simples pergunta gera todo um questionamento filosófico dentro de mim!
Bom, sem mais delongas... Eu sou a Giulia e eu não sei quem sou.
Agora que me livrei do peso de me definir posso me apresentar. Estudo Jornalismo e quando escolhi essa profissão, ou ela me escolheu, deixei para trás as pretensões de uma vida de luxo. Por outro lado, entrei num caminho que dificilmente será encontrado pela rotina. Em compensação os produtos dos meus esforços serão freqüentemente descartados em 24 horas, talvez menos. A indústria capitalista da notícia como mercadoria me irrita (baixou Silvia Moretzsohn). (...) Mas, a gente se diverte! (o início dessa frase foi censurado). As palavras têm poder para mover montanhas! Muito filosófico isso, mas não deixa de ser verdade. Por mais que existam coisas erradas no Jornalismo, acredito que essa atividade tenha muita responsabilidade na construção do “mundo melhor” que buscamos. Bom, mais uma vez me delonguei. (rsrsr) Esse papo todo foi pra fugir de me descrever e mesmo assim apresentar o objetivo da minha coluna neste ilustre blog. “Calabresa Neles!”, como sugere o título, é um espaço para eu expressar minha profunda indignação com alguns fatos da semana. O objetivo é fazer um resumão dos absurdos que acontecem no mundo, chegam a nossa consciência através dos coleguinhas jornalistas e geralmente provocam mobilização momentânea seguida de alienação consciente e conformada. Para quem não entendeu ainda, a missão é mudar isso!
E, se querem tanto assim saber quem lhes escreve...
Eu sou Giulia Gomes.
Não gosto que pronunciem ou escrevam meu nome errado.
Ouço música todos os minutos do meu dia. Tá vai! Menos quando eu pego no sono profundo, o que não é comum já que tenho insônia, ou quando estou assistindo filmes, outra paixão.
Meu gosto musical, segundo meus amigos, é estranho. Porque gosto de bandas geralmente desconhecidas. Eles não entendem que esse é o charme! (rsrs) E, na maioria das vezes, eles acabam adorando as músicas que carinhosamente os obrigo a ouvir. Sinto-me na obrigação de divulgar o que é bom e pouco reconhecido no Brasil!
Quem quiser ouvir minha linda voz (rsrs) ouça a Rádio Roquette Pinto (94,1FM) na parte da manhã. Não é cantando... para infelicidade geral dos meus queridos ouvintes.
Respondendo a pergunta carmática; A palavra que me define ultimamente é MUDANÇA. Em pensamento, atitude, objetivos, sentimentos, tudo!
Entre os meus amores estão meus gatos amados (Não! Eu não vou ser a tia solteirona dos gatos!), Tegan (tinha que falar isso!), minha mãe (que tem sido muito paciente), meu pai (que “sempre que dá” ouve minhas lamúrias), minha família (que me aceita como sou: estranha hahaha) e meus amigos (que me levantam sempre que tomo um estabaco ou me jogo espontaneamente num buraco). Agora que gotículas caíram dos meus olhinhos me despeço lembrando que todas as sextas vocês vão ter motivos revoltantes de sobra bem aqui oh! Vai ter calabresa, mussarela, molho, azeitona e tudo que tiver direito! É a grande Pizza à Brasileira!
Bjs!

ps: Tava faltando um pouquinho de cor aqui, não? Um pouco incoerente isso! Hahaha

4 comentários:

Lívia Pinho disse...

para levar Giulia, tem que levar o arco-íris que vem de brinde. obrigatoriamente.

Murilo disse...

Apesar de no início não ter simpatizado muito a respeito das várias cores utilizadas no texto, confesso que no final quando li "pizza a brasileira" com todas aquelas cores, pude intuir (tipo isso) uma conexão entre tudo aquilo. Acabei gostando da idéia!

Gaio! disse...

Adorei, tinha que ser de libra, não é?! Ahahahha tô brincando, hein!

Anônimo disse...

E essa é minha "pérola rara"!!!
Coruja, eu ??????